5 ideias de treinamento aquático (que não são apenas nadar) para vencer o calor



5 ideias de treinamento aquático (que não são apenas nadar) para vencer o calor

O verão é muitas coisas. São dias de praia intermináveis ​​e fogueiras à noite. São férias em família e viagens de acampamento no fim de semana. São churrascos de quintal e limonada caseira. E, infelizmente, são temperaturas recordes.

Em vez de pular o treino e se esconder no ar-condicionado, vá até o corpo de água mais próximo para vencer o calor. Aqui, reunimos cinco exercícios que irão mantê-lo em forma e fresco, tudo de uma vez.

Aqua Jogging





Se você está lutando contra uma lesão ou simplesmente precisa de uma pausa da pista ou trilhas, o aqua jogging é a alternativa perfeita para correr. Aqua jogging é um treino simples que envolve correr no fundo de uma piscina com uma flutuação protegida em torno de sua seção intermediária.

Ele permite um ótimo treino cardiovascular sem o forte impacto que a corrida tradicional exerce sobre seus músculos e articulações. Existem vários exercícios para escolher, mas alguns dos favoritos são exercícios de intervalo desafiadores ou corrida por um período de tempo definido.

Pisando na água



Pisar na água é um treino simples, ideal para todos os níveis de habilidade e não requer nenhum equipamento, exceto um corpo d'água. Este treino de baixo impacto é fácil para as articulações e é benéfico para o coração, pulmões, abdominais, músculos e circulação.

Tente pisar com os braços acima da cabeça, ao lado do corpo como se estivesse correndo, ou com as mãos enfiadas embaixo dos braços. Experimente diferentes movimentos de perna até encontrar o que funciona melhor para você e aumente lentamente a duração conforme sua resistência melhora. Adicione um cinto de lastro ou colete para um desafio adicional.

Treinamento hipóxico

O treinamento hipóxico é uma ótima maneira para os surfistas e mergulhadores livres praticarem prender a respiração.

O treinamento hipóxico é ideal para surfistas, mergulhadores livres ou qualquer pessoa interessada em prender a respiração. Esta técnica de treinamento única ensina os atletas a controlar sua respiração, regulando a entrada de ar. Por meio do treinamento de hipóxia, os atletas limitam sua respiração a cada três a nove braçadas. A chave para este método de treinamento não é prender a respiração, mas, em vez disso, expire lentamente debaixo d'água até atingir a contagem de braçadas desejada.

Um bom treino é entre três a cinco séries de 100 metros em que você respira a cada três braçadas nos primeiros 25 metros, a cada cinco braçadas nos próximos 25 metros, a cada sete braçadas nos próximos 25 metros e, em seguida, a cada nove braçadas depois disso . Existem alguns perigos potenciais associados ao treinamento com hipóxia, portanto, é importante praticar essa técnica sob a supervisão de um técnico, treinador ou atleta experiente.

Batidas de chutes

Os chutes oscilantes são uma ótima maneira de exercitar os quadris, os glúteos e o núcleo.

Os chutes oscilantes são exercícios simples que envolvem os músculos dos quadris, glúteos e abdômen. Existem algumas opções quando se trata de chutes vibrantes.

Para chutes verticais, vá até o fundo (ou água que é profunda o suficiente) e bata as pernas para manter a cabeça acima da água. Como alternativa, segure-se na borda de uma piscina (ou doca, ou outra superfície), estique o corpo horizontalmente na superfície da água e comece a chutar. Outra opção é nadar nado livre e nado costas sem usar os braços. Este exercício irá isolar seu núcleo enquanto você trabalha para manter seu corpo posicionado na água.

Flexões e abdominais na piscina

As flexões na piscina fortalecem os músculos dos braços.

Flexões e abdominais na piscina fortalecem os braços e o núcleo (músculos essenciais para o surfe e SUP) e são um bom complemento para qualquer treino. A resistência da água oferece um desafio adicional e contribui para um melhor treino.

Para flexões, vá até o fundo da piscina e coloque as mãos na borda, um pouco mais larga do que a largura dos ombros. Levante o corpo para fora da água, como se estivesse saindo da piscina, até que os braços estejam totalmente estendidos. Abaixe-se lentamente até que seus braços estejam de volta à posição de 90 graus. Faça duas séries de 10 a 15 flexões.

Para fazer abdominais, prenda as pernas na lateral da piscina e mergulhe completamente na água. Cruze os braços sobre o peito ou coloque-os atrás da cabeça para aumentar o arrasto e use o abdômen para se sentar. Faça duas séries de 10 a 15 abdominais.

Para ter acesso a vídeos de equipamentos exclusivos, entrevistas com celebridades e muito mais, inscreva-se no YouTube!